Céu azul

Aqui não vou contar a história da minha primeira paixão porque acredito que seja igual a de muitas pessoas mas vou lhes contar o momento em que olhei nos olhos do amor da minha vida. Eu jamais imaginei que pudesse sentir algo tão forte e arrebatador ao mesmo tempo. Quando me diziam que eu só ia descobrir o amor incondicional naquele momento, eu não acreditei. Pensei que era besteira e balela das pessoas porque afinal, eu já havia amado tanto e me apaixonado tanto, como poderia ser diferente agora? De repente me vi carregada por uma mistura de sentimentos, era mais forte do que ver o mar pela primeira vez. Era mais forte do que qualquer emoção antes já sentida. E lá estava ela, com suas perninhas pequenas, seu rosto redondo e os olhos mais azuis que qualquer céu que eu já tenha visto. E neles eu me via, sorrindo. Feliz. Mais feliz do que em qualquer momento de minha existência. No meio daquele aconchego e daquela imensidão azul eu tive a certeza de que nenhum amor é igual ao de uma mãe pela sua filha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s