Crítica: Sonic – O filme

Na terça-feira (18/02/2020) fomos convidados pelo Wanna be nerd e pela Paramount Pictures para uma sessão de cinéfilos no Espaço itaú de cinema para assistir ao filme Sonic do diretor Jeff Fowler.

Após reformulações no personagem por acharem que a versão anterior estava descaracterizando o sonic dos jogos, o novo visual veio para fazer história.

O filme nos mostra um pouco da vida do sonic e sobre o mundo em que ele vivia antes de ter que fugir de perseguidores misteriosos que queriam o seu poder e desembarcar na nossa amada terra.

Sonic-1

Com a pegada de bichinho de estimação e um quê de humanidade, sonic se vê sozinho em um mundo novo e totalmente estranho para ele. Precisa crescer e aprender a se comportar na Terra ao mesmo tempo em que precisa se proteger para que absolutamente ninguém descubra sua existência.

Até que, ao investigar um pequeno acidente que provocaria a descoberta do novo habitante, o governo dos estados unidos chama o Dr robotnik (interpretado por Jim Carrey) para desvendar o mistério.

2753293.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx

Sonic se vê obrigado a deixar a Terra e ir para outro planeta começar uma nova vida e acaba conhecendo o xerife (interpretado por James Mardsen) da cidade no caminho e juntos eles começam uma road trip para que Sonic possa partir em segurança.

O filme em si é divertido e traz piadas boas na hora certa mas tenho a impressão de que, se não fosse a atuação do Jim Carrey ele seria um filme bem mais fraco. A atuação do ator é impecável e você não consegue deixar de rir só de olhar para ele.

maxresdefault

Apesar do novo visual, a trama não é profunda e trata o personagem mais querido da Sega como nada mais do que um bichinho carente que tem super poderes.

Em contrapartida, o filme é feito para crianças e logicamente, atingiu o objetivo de mostrar um pouco do personagem e o que esperar dos próximos passos dele.

Veredito: Levem seus filhos e sobrinhos para assistir, vai ser uma diversão para eles. Se não tiver crianças por perto, a atuação do Jim Carrey ainda valerá a pena.

O filme ainda está em cartaz nos principais cinemas do Brasil.

ps: Ben schwartz também mandou bem na dublagem.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s